Desinvestimento: Imperativo moral dos católicos

por | maio 19, 2021 | Uncategorized

 

Semana Laudato Si’ 2021 continuou na quarta-feira com um diálogo inspirador sobre desinvestimento, energia e combustíveis fósseis, e como os católicos no mundo inteiro podem liderar o movimento de desinvestimento.

O Rev. Joshtrom Isaac Kureethadam, Chefe do Setor de Ecologia e Criação do Vaticano, iniciou o diálogo com um vídeo comovente que lembrou os participantes do apelo do Vaticano para que todas as instituições católicas desinvestam em combustíveis fósseis.

As diretrizes, que foram divulgadas no ano passado, sugerem que as instituições católicas devem tomar cuidado “para não apoiar empresas que prejudicam a ecologia humana ou social (por exemplo, através do aborto ou do comércio de armas), ou ecologia ambiental (por exemplo, através do uso de combustíveis fósseis).”

“Sejamos corajosos, vamos desinvestir”, disse ele. “Escutemos o convite do Papa Francisco para desinvestir em combustíveis fósseis e proteger nossa casa comum”.

Bill McKibben, autor de best-sellers do New York Times e co-fundador da 350.org, contextualizou a conversa nos termos urgentes que cercam a crise ecológica e a emergência climática.

“A mudança climática é o primeiro teste com tempo limitado que os seres humanos realmente enfrentaram, onde se não ganharmos logo, não ganharemos de forma alguma. Porque ninguém tem um plano sobre como recongelar o Ártico depois que ele derreter”, disse ele. “Temos que nos mover em alta velocidade.”

Em 1989, McKibben escreveu um dos primeiros avisos sobre a crise climática com seu livro, The End of Nature [O Fim da Natureza]. Desde então, muita coisa mudou, especialmente em torno do movimento de desinvestimento, segundo ele.

Dez anos atrás, a indústria de combustíveis fósseis era a maior do mundo e a Exxon era a maior empresa.

“[A Exxon está] agora sitiada e em apuros por causa do trabalho que as pessoas fizeram em muitas frentes, o desinvestimento sendo uma das mais importantes”, disse McKibben.

A forma como o mundo é capaz de produzir energia também mudou, com a energia solar e eólica diminuindo os preços e tornando- se mais acessível. “É bom viver em um momento em que podemos passar da energia de baixo para a energia de cima”, disse ele.

McKibben, que é metodista, percebeu que pode levar algum tempo para que a Igreja Católica global de 2.000 anos avance em certas questões. Mas, uma vez que isso aconteça, há um impulso imparável que se acumula. “Esse é o impulso que precisamos desesperadamente agora”, disse McKibben.

Assista o Diálogo Laudato Si’ completo aqui:

Guadalupe López Aguilar
Guadalupe López Aguilar

Copywriter
Guadalajara, México
Convencida de que a sustentabilidade é a única forma de continuar a nossa existência e de cuidar da nossa casa comum, junta-se ao MLS para a alcançar.

0 comentários