Declaração do Movimento Laudato Si’ sobre a Ucrânia

por | mar 8, 2022 | Blog, Imprensa, Notícias e Atualizações, Oração, Papa Francisco | 1 Comentário

O Movimento Laudato Si’ se une ao Papa Francisco e à Igreja Católica global em oração por uma resolução pacífica e rápida para a invasão russa da Ucrânia. Nosso movimento é ativo na Ucrânia, com funcionários apaixonados e voluntários trabalhando todos os dias para inspirar os católicos e cuidar da nossa casa comum. Nós nos unimos em solidariedade a eles e a todo o povo da Ucrânia.

Como organização católica, somos pessoas de fé e gente de paz, e exortamos a comunidade internacional a se unir diante da agressão russa e alcançar uma paz duradoura na Ucrânia. Apelamos aos líderes mundiais para que encontrem soluções criativas que acabem com a invasão sem uma escalada da violência.

E, de acordo com o Conselho das Conferências Episcopais Europeias, condenamos veementemente as ações não provocadas de Vladimir Putin e do governo russo, que mataram milhares e geraram uma crise de refugiados que não se via na Europa há quase um século.

Como disse o Papa Francisco: “A premissa fundamental é que a finalidade última e mais digna da pessoa humana e da comunidade é a abolição da guerra”.

Além disso, oramos por nossas irmãs e irmãos em todo o país, para que possam sentir o apoio dos milhões de pessoas que os têm em seus pensamentos e orações.

Na Laudato Si’, o Papa Francisco denuncia a guerra e lamenta seu efeito sobre todos os membros da criação de Deus. “A guerra causa sempre danos graves ao meio ambiente e à riqueza cultural dos povos, e os riscos avolumam-se quando se pensa na energia nuclear e nas armas biológicas.” (LS 57)

Nossas raízes na Laudato Si’ também nos ajudam a ver que “tudo está interligado” (LS 91). Conclamamos a todos a considerar o papel dos combustíveis fósseis na eclosão da guerra na Ucrânia. A receita dos combustíveis fósseis representa uma parcela significativa do orçamento da Rússia. As compras das exportações de combustíveis fósseis da Rússia estão financiando a guerra na Ucrânia, ao mesmo tempo em que prejudicam toda a criação. Isso é incompatível com a nossa fé. 

As escrituras e o Magistério da Igreja nos ensinam a honrar o Criador e a evitar os combustíveis fósseis e os danos ecológicos que causam. “O Senhor Deus colocou o homem no jardim do Éden para cuidar dele e cultivá-lo.” (Gênesis 2:15)

Nós nos juntamos ao Papa Francisco para exortar todas as pessoas a se voltarem para o “Deus da paz e não da guerra” e, como pedido por Francisco, nos unimos aos católicos em todos os lugares em um Dia de Jejum pela Paz na Quarta-feira de Cinzas, 2 de março.

Finalmente, pedimos que você se junte a nós em oração, usando esta adaptação da oração do Papa João Paulo II “Ouve a minha voz, Senhor, pela justiça e pela paz”.

A ti, Criador da natureza e da humanidade,
da verdade e da beleza, eu peço:

Ouve a nossa voz,
pois é a voz
das vítimas da guerra e da violência
que acontecem atualmente na Ucrânia.

Ouve a nossa voz,
pois é a voz
de todas as crianças que sofrem e que sofrerão
quando as pessoas depositarem sua fé nas armas e na guerra.

Ouve a nossa voz,
quando eu imploro que infundas
nos corações de todos os seres humanos
a visão da paz,
a força da justiça
e a alegria da comunhão.

Ouve a nossa voz,
pois falamos para as multidões
em todos os países e em todos os períodos
da história que não querem a guerra
e estão prontas para trilhar o caminho da paz.

Ouve a nossa voz,
e dá discernimento e força
para que possamos sempre responder
ao ódio com amor,
à injustiça com total dedicação à justiça,
à necessidade com a partilha de si,
à guerra com paz.
Ó Deus, ouve a nossa voz!

Laudato Si’ Movement
Laudato Si’ Movement

Histórias e declarações escritas por Laudato Si’ Movement representam o trabalho da organização e/ou mais de um membro do pessoal do movimento.

4.5 2 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
1 Comment
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Rabeca Peres da Silva
Rabeca Peres da Silva
7 meses atrás

Bom dia.
Paz e bem!
Encontrei tradução confusa….infelizmente não dá pra compartilhar deste jeito. E também o site torna-se inconfiável para divulgação.
Exemplo:
“de acordo com o Conselho das Conferências Episcopais Europeias, condenamos veementemente as ações não provocadas de Vladimir Putin e do governo russo, que mataram milhares e geraram uma crise de refugiados que não se via na Europa há quase um século.”

Gratidão pela atenção.
Att, animadora Laudato Si ‘ Rabeca Peres da Silva

Last edited 7 meses atrás by Rabeca Peres da Silva