Como Animadora da Laudato Si’, nada pode me impedir de dar vida à Laudato Si’

por | mar 15, 2022 | Blog, Notícias e Atualizações | 1 Comentário

Mildaiza Soares Figueredo, direita, lidera sua comunidade local em mudanças ambientais de longo prazo.

Sou Mildaiza Soares Figueredo, tenho 59 anos e sou professora aposentada. Participo da Comissão Pastoral da Terra (CPT) da região Sul Sudoeste da Bahia, como voluntária, e da Comunidade Santa Rita de Cássia (Zona Rural) na Paróquia Senhor da Boa Vida de Cordeiros, Diocese de Caetité – BA.

Conheci o Movimento Laudato Si’ em 2020 através de um amigo, padre Waldech Brito Gondin, que me convidou para fazer o curso de Animadores Laudato Si’, e com mais uma amiga fiz o curso e um projeto final conjunto. Me encantei com o Movimento porque sou uma apaixonada pelo meio ambiente e também sua defensora. Conhecia a encíclica Laudato Si’ de forma superficial, pois como falei na reunião dos Guardiões, ela ainda é muito pouco conhecida.

Em 2021 me inscrevi nas duas etapas do curso, pois são muitos conhecimentos e informações interessantes, e também me inscrevi no grupo dos Guardiões/ãs, pois queria fazer algo mais pela nossa Casa Comum.

Assim que soube da petição Planeta Saudável, Pessoas Saudáveis, fiquei super animada e fiz o propósito comigo mesma de conseguir o maior número possível de assinaturas. Para isso, não medi esforços para conseguir atingir a minha meta.

Voluntários colaboram para coletar assinaturas

A sede do nosso município (Cordeiros) concorreu a um edital do governo federal com um projeto intitulado ”Cordeiros no Clima”, que tinha como objetivos a arborização das ruas, praças e locais públicos; a sensibilização da população em relação ao consumo consciente de água, luz e coleta do lixo; e também construção de hortas nas escolas e na Associação Clube de Mães da Paróquia Senhor da Vida de Cordeiros-BA.

Junte-se ao Movimento Laudato Si’ e torne-se Animador/a! Inscreva-se no nosso treinamento gratuito

Dentro da realização do projeto havia a exposição de feiras para demonstrar os produtos orgânicos cultivados nas hortas.

Nos dias 23, 24 e 25 de setembro, foi a vez do Clube de Mães realizar a feira de exposição de seus produtos. Então aproveitei o momento, falei do Movimento, da petição e coletei as assinaturas, conseguindo mais de 30.

Além da feira, o meu projeto final consistiu em me reunir com as associadas do Clube de Mães, falar do Movimento e conseguir assinaturas para a petição. Isso aconteceu no dia 27 de setembro, às 17:00, na sede da associação. Fiz uma pauta/roteiro, mostrei um vídeo com a música “Tudo está nterligado”, falei um pouco dos problemas ambientais, vimos o vídeo do papa Francisco que convida a assinar a petição e depois fizemos a coleta das assinaturas, conseguindo nesse dia mais dez assinaturas.

Outro evento foi no dia 1º de outubro: participei da Reunião da Central das Associações Rurais, que acontece mensalmente, expliquei um pouco sobre o Movimento e a petição e consegui mais 15 assinaturas.

Na Comunidade Santa Rita de Cássia, combinamos em fazer um momento de oração pela Criação e no dia 02 de outubro, às 19:00, rezamos um Terço ecológico, começando na casa de uma família, fazendo uma pequena caminhada, meditando cada mistério até a igreja, encerrando com a oração do Tempo da Criação e finalizando com mais assinaturas da petição.

O sucesso da coleção de assinaturas!

E para finalizar, no dia 03 de outubro, participei de mais um evento (“Prefeitura Itinerante”) realizado numa comunidade rural do município, onde havia atividades de todas as secretarias municipais. Participei no stand da Secretaria de Agricultura, também falei do Movimento e da petição e consegui mais 37 assinaturas.

Todos que assinaram receberam um saquinho de pipoca contendo sementes de moringa, flamboyant (popularmente conhecido aqui como canjoão) e sibipiruna.

Encontrei algumas dificuldades, como desconhecimento da encíclica e do Movimento Laudato Si’, falta de e-mail das pessoas e dificuldade de acesso às tecnologias.

O que tem me motivado? Como disse anteriormente, sou amante do meio ambiente e sua defensora, e fazer algo para mudar um pouco dessa realidade caótica é o que me motiva a cada dia a fazer a minha parte, por mais simples que seja.

Finalizo com esta frase do papa Francisco: “…o ser humano ainda é capaz de intervir de forma positiva. Como foi criado para amar, no meio dos seus limites germinam inevitavelmente gestos de generosidade, solidariedade e desvelo”. (LS 58) LOUVADO SEJA POR TODA CRIAÇÃO!

JUNTE-SE A NÓS EM AÇÃO PELA NOSSA CASA COMUM: Nosso treinamento para Animadores Laudato Si’ é um curso gratuito de desenvolvimento de liderança e vai equipar você com as ferramentas para dar vida à Laudato Si’!

Animadores Laudato Si’ como Mildaiza abraçaram o desafio de fazerem a diferença em suas comunidades..

*Assista a um pequeno vídeo sobre a história de Mildaiza!

 

Mildaiza Soares Figueredo
Mildaiza Soares Figueredo

Mildaiza Soares Figueredo é professora aposentada e Animadora Laudato Si’. É voluntária na Comissão Pastoral da Terra (CPT) da região Sul/Sudoeste da Bahia. Ela trabalha na Comunidade de Santa Rita de Cássia (Área Rural) na Paróquia Senhor da Boa Vida de Cordeiros, Diocese de Caetité. Midailza é uma defensora apaixonada do meio ambiente: “Fazer alguma coisa para mudar um pouco esta realidade caótica é o que me motiva todos os dias. Posso contribuir com meu grãozinho de areia, por mais simples que seja.”

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
1 Comment
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Ir Nelly
Ir Nelly
8 meses atrás

 Mildaiza Soares Figueredo, Parabéns e obrigada pelo seu engajamento. Muitas pessoas e muitas lugares fazendo o que é possível – que são pequenas coisas – em algum momenta terá resultados. Tâmo Juntas.